Errata – Edital Programa de Bolsas de Pós-Graduação (PBPG) 2024.2

WhatsApp Image 2024-05-28 at 14.21.11

Considerando a greve nas Universidades Públicas Federais, a FACEPE anuncia uma errata no Edital FACEPE 19/2024 (PBPG 2024.2), estendendo o prazo para indicação das bolsas aprovadas até o dia 23 de agosto de 2024, desde que o comprovante de matrícula do aluno, datado até 15 de agosto de 2024, seja enviado.

Confira aqui clicando no link abaixo.

Edital_FACEPE_19-2024_PBPG_ERRATA

Divulgado o resultado da Chamada MCI – Mobility Confap Italy 2023

WhatsApp Image 2024-05-27 at 14.32.14

 O Programa de Mobilidade Acadêmica, fruto de parceria entre o CONFAP e a Universidade de Bolonha, seleciona projeto de pesquisadora da UPE.

A Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco (FACEPE) e a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação de Pernambuco (SECTI) divulgaram o resultado da Chamada MCI – Mobility Confap Italy 2023, um programa voltado para promover a mobilidade de pesquisadores brasileiros para universidades italianas. A chamada, lançada pelo Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (CONFAP) em cooperação com a Universidade de Bolonha (UNIBO), contou com a adesão de 19 Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs) do Brasil, dentre elas a FACEPE.

O objetivo da Chamada MCI – Mobility Confap Italy 2023 é fortalecer a colaboração científica internacional, apoiando a mobilidade de pesquisadores de mestrado, doutorado e pós-doutorado. Este programa possibilita que pesquisadores brasileiros desenvolvam projetos de alto impacto em universidades italianas renomadas, promovendo intercâmbio de conhecimento e inovação.

Entre os selecionados, está a pesquisadora Maria Tereza Cartaxo Muniz, da Universidade de Pernambuco (UPE), com o projeto “Latent fingerprint assessment using matrix-assisted laser desorption ionization mass spectrometry for forensic application”, selecionado pela sua contribuição inovadora no campo da aplicação forense através do uso de espectrometria de massa para avaliação de impressões digitais latentes.

De acordo com o diretor de Inovação da FACEPE, Leonardo Ferraz, parcerias entre instituições acadêmicas são importantes para a promoção de ofertas de circulação de pesquisadores por centros de pesquisa espalhados pelo mundo, além de contribuir para a propagação das aprendizagens. Para ele, as parcerias contribuem para a construção de redes de contatos globais, essenciais no mercado de trabalho atual, estimulando a adaptabilidade e a compreensão intercultural. “A mobilidade acadêmica é crucial para o desenvolvimento educacional e profissional dos estudantes. Ela promove o intercâmbio de conhecimentos, experiências culturais e habilidades linguísticas, enriquecendo a formação acadêmica. Além disso, amplia as oportunidades de pesquisa e colaborações internacionais, fomentando a inovação”, concluiu.

Para mais informações sobre a Chamada MCI – Mobility Confap Italy 2023 e seus resultados, acesse o link do site da CONFAP.

Palestra sobre ética e cidadania no ambiente de trabalho foi prestigiada pelos servidores da FACEPE

palestra sobre etica e cidadania no ambiente de trabalho na facepe - 01

O evento foi realizado em parceria com a Controladoria Geral do Estado para promover o Programa de Integridade do Governo de Pernambuco

A Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco (FACEPE), instituição vinculada à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI/PE), em parceria com a Secretaria da Controladoria Geral do Estado (SCGE), promoveu na última terça-feira (20) a palestra voltada para a implementação do Programa de Integridade. A iniciativa, que faz parte do programa Pernambuco Mais Íntegro, foi conduzida pelo diretor de Integridade e Correição, da SCGE, Ricardo Miranda.

WhatsApp Image 2024-05-21 at 10.32.22

O evento teve como público-alvo os servidores e diretores da FACEPE para preparar e engajar a equipe da Facepe nas novas diretrizes de integridade. A iniciativa Pernambuco Mais Íntegro, instituída pelo Decreto nº 54.436, fevereiro de 2023, estabelece a obrigatoriedade de políticas de integridade e compliance em todas as entidades públicas do estado.

Durante a palestra, foram abordados os componentes principais do programa, como a criação de mecanismos de controle interno, a promoção de uma cultura de ética e o fortalecimento da governança institucional. “A ética e a integridade são pilares fundamentais para uma gestão pública eficiente, justa e transparente. Sem o fortalecimento da percepção da importância destes conceitos, a gestão pública corre o risco de cair em práticas corruptas e ineficazes, prejudicando o desenvolvimento social e econômico. Portanto, a cultura da ética e da integridade deve ser cultivada todos dias, para que tenhamos uma gestão pública estadual alinhada às expectativas dos cidadãos.”, afirmou o diretor de Integridade e Correição, da SCGE, Ricardo Miranda.

WhatsApp Image 2024-05-21 at 10.32.16

Entre os benefícios da ação estão a diminuição de riscos de fraudes e corrupção, a criação de um ambiente de trabalho mais saudável e confiável, a transparência nos processos administrativos e o aumento da confiança da sociedade na entidade. Durante a palestra, também foram destacados os efeitos complementares como proporcionar a eficiência operacional aprimorada, com a implementação de controles e processos bem definidos, a promoção da responsabilidade e transparência na fiscalização e a contribuição para o desenvolvimento sustentável da FACEPE.

A diretora de Gestão Administrativa e Financeira da FACEPE, Márcia Lira, destacou que o momento marca um avanço significativo na busca por transparência e ética institucional. “Hoje foi dado um importante passo para implementação do programa de integridade na FACEPE, uma iniciativa que vai nos direcionar para uma atuação que fortaleça os valores éticos, a transparência e a responsabilidade com a missão da instituição no fomento a ciência e tecnologia em Pernambuco”, enfatizou.

WhatsApp Image 2024-05-21 at 10.32.27

Governo do Estado lança edital estadual de Programa de Bolsas de Pós-Graduação (PBPG) para o segundo semestre de 2024

WhatsApp Image 2024-05-24 at 16.03.56

A publicação vai distribuir 50 bolsas de mestrado e 30 de doutorado

para estudantes ingressantes exclusivamente no 2º semestre de 2024

A Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação de (Secti/PE) e sua Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia (FACEPE) lançam o edital para o Programa de Bolsas de Pós-Graduação (PBPG). Serão distribuídos 50 bolsas de mestrado e 30 de doutorado para estudantes ingressantes exclusivamente no 2º semestre de 2024.

O Programa de Concessão de Bolsas de Pós-Graduação da FACEPE busca ampliar a oferta de bolsas de pós-graduação stricto sensu (mestrado acadêmico e doutorado) para o atendimento à formação de recursos humanos qualificados. Com ênfase em áreas de interesse estratégico para o desenvolvimento de Pernambuco, a iniciativa consolida novos cursos e a interiorização das atividades de pesquisa. “O Programa busca ainda promover a expansão qualificada da pós-graduação no em Pernambuco”, afirmou a gestora de Programas em Ciência e Tecnologia da FACEPE, Cristiane Ferraz

O encaminhamento das propostas deverá ser realizado pelos coordenadores dos PPGs até 30 de junho de 2024, exclusivamente pelo sistema AgilFAP.

Para os interessados, o edital está disponível no link abaixo

Edital_FACEPE_19-2024_PBPG_fINAL

 

Assinado acordo entre FACEPE/SECTI e CNPq para apoio a 38 Bolsas de Produtividade em Pesquisa

WhatsApp Image 2024-05-24 at 11.06.46

A solenidade também contou com a palestra do diretor científico do CNPq, professor Olival Freire, sobre os desafios na política de Ciência e Tecnologia e Inovação no Brasil

O auditório do Centro de Ciências Exatas e da Natureza da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), na última quinta-feira (23), foi palco da assinatura do acordo entre a Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco (FACEPE), instituição vinculada à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI/PE), e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). O acordo visa ampliar o apoio a projetos de pesquisa científica, tecnológica e de inovação no Estado por meio da concessão de 38 bolsas de Produtividade em Pesquisa, equivalentes ao nível E do CNPq, incluindo auxílio à pesquisa.

As bolsas e os auxílios são destinados a pesquisadores com destaque de produção científica. “Para além das responsabilidades com as suas pesquisas, agora eles se transformam em consultores do CNPq, podendo ainda se candidatar aos comitês de assessores do Conselho Nacional, aumentando mais a sua responsabilidade no Sistema Nacional de Ciência e Tecnologia”, afirmou o diretor Científico do CNPq, Olival Freire.

WhatsApp Image 2024-05-24 at 11.06.47 (1)

De acordo com a diretora presidente da FACEPE, professora Fernanda Pimentel, o acordo de cooperação entre a FACEPE e o CNPq é um marco significativo para o fortalecimento da pesquisa científica em Pernambuco. “Representa um reconhecimento e incentivo aos cientistas pernambucanos dedicados e produtivos, além de contribuir de forma decisiva para o aumento da competitividade dos seus projetos em editais nacionais”, afirmou a gestora.

A professora da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) Madalena Guerra, é uma das contempladas com uma das bolsas de pesquisas aprovadas. Ela desenvolve estudos na área de reprodução animal com o uso de nanotecnologia para a melhoria do rebanho de caprinos e ovinos. “Nós temos uma demanda muito grande em todo o país de projetos de pesquisa, que não conseguem receber financiamento pelas atuais limitações orçamentárias do CNPq. Com a parceria firmada, isso possibilita que tenhamos um número maior de pesquisas capazes de proporcionar retorno econômico e social para Pernambuco”, destacou.

PALESTRA - Após a assinatura do acordo, o professor Olival Freire ministrou a palestra Política de Ciência, Tecnologia e Inovação – Problemas e Perspectivas, onde levantou os desafios enfrentados pela comunidade científica para conseguir apoio financeiro para realizar suas pesquisas. Ao longo da sua fala, foram apresentados dados substanciais que revelam como a política pública de apoio à pesquisa e inovação sofreu com vários cortes nos últimos anos, e como aos poucos essa condição vem sendo revista para proporcionar um aumento nos financiamentos de projetos de pesquisa e infraestrutura de laboratórios.

WhatsApp Image 2024-05-24 at 11.06.55

FACEPE divulga lista de projetos homologados pelo CNPq para financiamento

facepe divulga lista de projetos homologados pelo CNPq para financiamento

Acordo entre FACEPE e CNPq amplia apoio a projetos de pesquisa em Pernambuco

A Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco (FACEPE), instituição vinculada a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI/PE), e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) anunciam um acordo que visa ampliar o apoio a projetos de pesquisa científica, tecnológica e de inovação no Brasil. Firmado por meio da concessão de bolsas destinadas a pesquisadores destacados, o acordo segue os critérios normativos do CNPq e os específicos dos Comitês de Assessoramento (CAs) do Conselho.

A FACEPE está apoiando 38 novas bolsas equivalentes ao nível E do CNPq, incluindo auxílio à pesquisa. Esses projetos foram aprovados na chamada CNPq Nº 09/2023 de Bolsas de Produtividade em Pesquisa, mas não foram financiados pelo CNPq. O objetivo é valorizar e incentivar a produção científica, tecnológica e de inovação em Pernambuco.

“Este acordo representa um marco significativo para o fortalecimento da pesquisa científica em Pernambuco. A concessão dessas 38 bolsas de produtividade em pesquisa permitirá que nossos pesquisadores continuem a se destacar em suas áreas, impulsionando o desenvolvimento científico, tecnológico e a inovação no Estado. É mais uma ação que reforça o compromisso da FACEPE em valorizar e apoiar a excelência acadêmica e a produção científica dos nossos talentosos pesquisadores.”, explicou a diretora científica da FACEPE, professora Helen Khoury.

Os pesquisadores contemplados terão a qualificação “Produtividade em Pesquisa FACEPE/CNPq” publicada no Currículo Lattes. A lista dos contemplados está disponível no site da FACEPE.

Confira a lista de selecionados no link Tabela 1 – Bolsistas de Produtividade – Acordo FACEPE-CNPq

FACEPE lança o Edital APQ-UNIVERSAL para Projetos de Pesquisa

lancamento Edital APQ-UNIVERSAL para Projetos de Pesquisa

O edital apoia projetos de pesquisa em diversas áreas do conhecimento. As submissões iniciam em 29 de maio

A Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia de Pernambuco (FACEPE), instituição vinculada à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI/PE), lança o Edital 18/2024 – Edital APQ-UNIVERSAL para Projetos de Pesquisa. A iniciativa tem como objetivo apoiar projetos de pesquisa científica e tecnológica em todas as áreas de conhecimento. As submissões iniciam em 29 de maio e vão até 30 de junho, exclusivamente no sistema Agilfap. O edital está disponível no final desta publicação.

As propostas podem ser submetidas em três faixas, desenvolvidas para abarcar diferentes configurações de grupos de pesquisadores:

Faixa A - Grupos Consolidados, destinado a equipes com pelo menos três doutores, com um coordenador com mais de 15 anos de titulação;

Faixa B - Grupos Emergentes, para equipes com no mínimo três doutores, com um coordenador com mais de oito anos de titulação;

Faixa C - Grupos de Jovens Pesquisadores, para equipes coordenadas por doutores com até oito anos de titulação.

O total de recursos disponíveis para o edital é de R$ 10,5 milhões, destinados a custeio, capital e bolsas. O financiamento dos projetos da faixa A podem chegar até R$ 300 mil. Já os da faixa B podem chegar até R$ 150 mil, e os da faixa C até R$ 75 mil.

“O edital tem como objetivo apoiar projetos de pesquisa em todas as áreas do conhecimento, coordenados por pesquisadores jovens, emergentes e também já consolidados que apresentem uma contribuição científica relevante, considerando seu tempo de titulação. Visando minimizar as diferenças regionais no próprio Estado e consolidar grupos de pesquisa do interior, o edital reserva 30% dos recursos para projetos executados em instituições fora da Região Metropolitana do Recife”, destacou a presidente da FACEPE, Fernanda Pimentel.

Projetos com aderência aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU terão pontuação adicional, na avaliação do mérito. Os ODS são uma iniciativa global para enfrentar desafios como a pobreza, a desigualdade e as mudanças climáticas, promovendo desenvolvimento sustentável e melhoria da qualidade de vida em todo o mundo. Acesse o link abaixo para ter acesso ao Edital APQ-UNIVERSAL para Projetos de Pesquisa.

Edital FACEPE – 18-2024 – APQ-Universal

Prorrogado o prazo para Submissão de Propostas do Edital 08/2024 – COMPET AME

Com a prorrogação, as propostas poderão ser submetidas até o dia 05 de junho de 2024

A Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco (FACEPE), vinculada à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação de Pernambuco (SECTI/PE), informa a prorrogação do Edital FACEPE 08/2024 COMPET AME – Acelerando Mulheres Empreendedoras. Com a prorrogação, as propostas poderão ser submetidas até o dia 05 de junho de 2024.

O edital COMPET AME apoia startups pernambucanas coordenadas por mulheres empreendedoras e aquelas que desenvolvem soluções para a equidade de gênero. O valor total disponível é de até R$ 1.500.000,00, provenientes do Fundo INOVAR-PE, com a meta de atender pelo menos 60 propostas em duas faixas de financiamento. O prazo de execução dos projetos é de até 12 meses.

As propostas devem ser submetidas exclusivamente pelo sistema AgilFAP, na modalidade de Subvenção à Inovação (SIN). É necessário preencher o formulário eletrônico e apresentar a proposta junto com a carta de anuência.

Para acessar o novo cronograma de execução, clique no link abaixo.

Adendo – CCOMPET AME – Acelerando Mulheres Empreendedoras

FACEPE/SECTI e Ministério da Pesca lançam edital para programa Jovem Cientista da Pesca Artesanal

A iniciativa oferece bolsas de iniciação científica para jovens de comunidades pesqueiras artesanais. As inscrições seguem até 20 de junho

A Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco (FACEPE), instituição vinculada Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI/PE), em conjunto com a Secretaria Nacional da Pesca Artesanal (SNPA), do Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA), lança o Edital nº 12/2024 do Programa Jovem Cientista da Pesca Artesanal (PIBIC Júnior). As inscrições estão abertas até 20 de junho de 2024 e o edital já está disponível.

O Programa é uma iniciativa do Programa Povos da Pesca Artesanal e visa incentivar a pesquisa entre os jovens das comunidades pesqueiras artesanais para reduzir a evasão escolar e beneficiar a extensão pesqueira, a cadeia produtiva e combate ao racismo ambiental. O projeto está sendo implementado em parceria com 12 Fundações Estaduais de Apoio à Pesquisa (FAPs) do Brasil, dentre elas a FACEPE, e a execução conta com a parceria dos governos Federal, estaduais e municipais, além de organizações sociopolíticas ligadas à pesca artesanal.

Os interessados em participar da ação no território pernambucano devem ter suas propostas submetidas no sistema AgilFAP por professores de Instituições de Ensino Superior (IES) de Pernambuco, em parceria com professores do Ensino Médio da rede pública do estado. Os projetos devem abordar temas relacionados à população que vive da pesca artesanal no Brasil, incluindo o papel das mulheres pescadoras, a cadeia produtiva e o conhecimento tradicional, os territórios pesqueiros, e a cultura e história da pesca artesanal. Outras áreas de interesse são a segurança alimentar, a organização e gestão da pesca, os impactos socioambientais, e as políticas públicas voltadas para essas comunidades.

O objetivo é explorar as diversas dimensões da vida e do trabalho das comunidades pesqueiras artesanais. “Esses jovens serão engajados a produzir pesquisa científica sobre a pesca artesanal, estimulando o interesse e manutenção na escola, evitando, desta forma, a evasão escolar”, destaca a gestora de Programas em Ciência e Tecnologia da FACEPE, Cristiane Ferraz.

Acesse o edital do Programa Jovem Cientista da Pesca Artesanal (PIBIC Júnior) clicando no link abaixo.

Edital_FACEPE_12-2024_Programa_Jovem_Pesca_Artesanal

 

Lançado o edital Ciência no Governo: Programa Cientista Arretado

O programa visa integrar pesquisadores e a gestão do Governo de Pernambuco para fortalecer a inovação na construção de políticas públicas

O Governo de Pernambuco, através da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI-PE) e por intermédio da Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia de Pernambuco (FACEPE), divulga o edital Ciência no Governo: Programa Cientista Arretado. A publicação promoverá a parceria entre a academia e o Governo, por meio de um pesquisador sênior e sua equipe, para a solução de desafios da gestão pública de Pernambuco. O edital está disponível no site www.facepe.br.

O valor total é estimado em até R$ 10.520.000,00, provenientes do orçamento da FACEPE. A previsão de desembolsos será para os exercícios de 2024, 2025, 2026 e 2027, sendo até R$ 1.052.000,00 por proposta aprovada.

“O Governo do Estado tem mobilizado seus esforços, através da SECTI e da FACEPE, para promover a articulação coordenada entre órgãos do Governo e Instituições de Ciência, Tecnologia e Inovação, integrando pesquisa, conhecimento científico e inovação para benefício de Pernambuco e da sociedade. Este edital é mais uma atuação da gestão estadual para fortalecer e ampliar a inovação no setor público pernambucano”, destaca a secretária de Ciência, Tecnologia e Inovação de Pernambuco, Mauricélia Montenegro.

A presidente da FACEPE, Fernanda Pimentel, ressalta que o Programa Cientista Arretado tem se somado às outras iniciativas lançadas em conjunto pelo Governo. “É uma iniciativa que simboliza a união de esforços de toda a estrutura governamental em favor dos benefícios gerados no atendimento à população e na condução de políticas públicas”, afirma.

Acesse no link abaixo o edital Ciência no Governo: Programa Cientista Arretado.

2024.05.17 Cientista Arretado