FACEPE e CNPq celebram acordo para apoio a 38 novos bolsistas de produtividade

facepe e cnpq fecham parceria de bolsistas

A FACEPE e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) celebram acordo que permite ampliar o apoio a projetos de pesquisa que visem contribuir significativamente para o desenvolvimento científico, tecnológico e de inovação do país. O acordo acontece por meio da concessão de bolsas destinadas a pesquisadores(as) que se destaquem entre seus pares, valorizando sua produção científica segundo os critérios normativos estabelecidos pelo CNPq e, específicos, direcionados pelos Comitês de Assessoramento (CAs) do Conselho.

Serão apoiadas pela FACEPE 38 novas bolsas equivalentes ao nível E do CNPq, incluindo o respectivo auxílio à pesquisa (taxa de bancada na forma de custeio/capital). Os projetos de pesquisa são aqueles aprovados, mas não financiados pelo CNPq, de acordo com a classificação obtida no processo seletivo ocorrido no âmbito da Chamada CNPq Nº 09/2023 Bolsas de Produtividade em Pesquisa. O objetivo é valorizar e incentivar o aumento da produção científica, tecnológica e de inovação de qualidade em Pernambuco.

Aos(às) bolsistas contemplados(as), será publicada, no Currículo Lattes, a qualificação de pesquisador(a) “Produtividade em Pesquisa FACEPE/CNPq”. Em breve será divulgada a lista dos(as) contemplados(as).

Edital 05/2024 – TRANFORMA MULHER/PE tem prazo de inscrições estendido para até 30 de maio

WhatsApp Image 2024-05-13 at 15.34.35

A Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco (FACEPE), instituição vinculada a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI/PE), torna pública a prorrogação do Edital FACEPE 05/2024 – TRANSFORMA MULHER-PE. As submissões poderão ser feitas até o dia 30 de maio.

O edital TRANSFORMA MULHER – PE foi criado para apoiar o desenvolvimento e implantação de projetos de transformação digital de produtos, processos e/ou serviços em conjunto com Empresas Prestadoras de Serviço Tecnológico Especializado (EPSTE) e/ou Instituições Científica, Tecnológica e de Inovação do Estado de Pernambuco (ICT-PE), através da concessão de Bônus Tecnológico.

O valor de investimento do programa é estimado em até R$ 1 milhão, provenientes do Fundo INOVAR-PE e repassados pela Agência de Empreendedorismo de Pernambuco (AGE). No edital, serão 40 propostas aprovadas.

As submissões devem ser feitas exclusivamente através do sistema AgilFAP, na modalidade de Subvenção à Inovação (SIN), preenchendo o formulário eletrônico e apresentando a proposta juntamente com a carta de anuência.

Para conferir o novo cronograma de execução, acesse o link abaixo.

2024.05.13 Adendo Transforma Mulher

Assinatura do decreto do Programa Cientista Arretado reúne comunidade acadêmica de Pernambuco no Cinema da Fundação/Porto Digital

lancado programa cientista arretado

Foram anunciados investimentos de R$10 milhões para fortalecer e ampliar a inovação no setor público. O edital será divulgado ainda este mês

Para fortalecer e ampliar a inovação no setor público pernambucano, o Governo do Estado assinou, nesta sexta-feira (10), o decreto que regulamenta o Cientista Arretado, programa que vai destinar R$10 milhões para pesquisadores produzirem soluções inovadoras que resolvam desafios governamentais de áreas estratégicas da gestão. O evento aconteceu no Cinema da Fundação/Porto Digital, no bairro do Recife, com a presença da governadora de Pernambuco, Raquel Lyra, da secretária de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti/PE), Mauricélia Montenegro, e de toda a comunidade acadêmica de Pernambuco.

“Em um evento com a presença de todos os reitores das universidades públicas, privadas e comunitárias, assinamos o decreto do Cientista Arretado que é um programa de inovação do Governo, que gera um momento nunca antes vivido, com a comunidade científica tão próxima do Governo para a solução e elaboração de política pública”, destacou a secretária de CTI, Mauricélia Montenegro, destacando que “esse ano, serão lançados cinco editais, sendo o primeiro divulgado ainda em maio”, completou.

O programa, promovido pelo Governo do Estado, através da Secti/PE e da Usina Pernambucana de Inovação, e com fomento da Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia de Pernambuco (Facepe), promoverá a parceria entre a academia e o Governo, por meio de um pesquisador sênior e sua equipe, para a solução de um grande desafio de uma secretaria de estado indicada pela Secretaria de Planejamento (Seplag).

Para a presidente da Facepe, Fernanda Pimentel, o programa vai acelerar a modernização e o aprimoramento das políticas públicas e a tomada de decisões estratégicas de Pernambuco. “Os pesquisadores e seus alunos de pós-graduação terão a oportunidade de resolver um desafio, um problema de Governo. É uma aproximação das várias secretarias de Estado com a academia. Tenho certeza que será uma contribuição excelente dos cientistas diretamente para a sociedade”, pontua a gestora.

A expectativa é que o edital constitua pelo menos 10 equipes multidisciplinares acadêmicas com um pesquisador sênior e até seis pesquisadores associados e juniores, além de servidores públicos. Além disso, serão beneficiadas diretamente 10 secretarias e indiretamente as demais. As soluções submetidas ao edital podem resultar em posterior contratação de fornecimento, por meio de convênio de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PDI) com a Instituição de Ciência e Tecnologia (ICT) vinculada ao Cientista Arretado.

Inspiração - Esteve presente na cerimônia, o pesquisador e professor universitário, Tarcísio Pequeno, idealizador do programa cearense Cientista Chefe, iniciativa que inspirou a criação do programa pernambucano Cientista Arretado. De acordo com ele, o Cientista Arretado é um instrumento que permite que a ciência esteja disponível para a sociedade. “É uma estratégia para tomar partido da pesquisa científica que os nossos estados já fazem, que a comunidade científica de Pernambuco já realiza há mais de 30 anos com um volume e diversidade muito grande. Mas é preciso um instrumento, um mecanismo para colher essa pesquisa que é feita, colocá-la dentro do Governo e vertê-la em benefício da sociedade”, destacou.

Internacionalização - No evento, também foi anunciado o Núcleo de Internacionalização do Estado de Pernambuco (NINTER-PE), iniciativa das instituições de ensino superior com o apoio do Governo estadual para o avanço da pauta da internacionalização da educação superior do Estado. Na ocasião, a governadora Raquel Lyra assinou o Memorando de Entendimento entre o Governo de Pernambuco e as universidades e institutos federais e centros universitários.

O NINTER-PE tem como objetivo desenvolver e implementar estratégias que promovam a internacionalização do ensino, pesquisa, extensão, cultura, empreendedorismo e inovação em Pernambuco, além de assessorar o Estado, por meio da Secretaria da Assessoria Especial à Governadora e Relações Internacionais, nas ações e estratégias de internacionalização.

FACEPE divulga a programação dos museus pernambucanos participantes da 22ª Semana Nacional de Museus

WhatsApp Image 2024-05-11 at 08.53.02

A Semana é promovida pelo Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM) e acontece de 13 a 17 de maio com vários museus pernambucanos promovendo atividades especiais

De 13 a 17 de maio, museus pernambucanos apoiados pela Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia de Pernambuco (FACEPE) promovem atividades dentro da programação da 22ª Semana Nacional de Museus. O evento, realizado pelo Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM) em celebração ao Dia Internacional dos Museus, comemorado em 18 de maio, terá como o tema ‘Museus, Educação e Pesquisa’, mote proposto pelo Conselho Internacional de Museus (ICOM).

Os museus Espaço Ciência, Museu de Ciências Nucleares, Museu Forte do Brum, Museu de Ciências Professor Antônio Carneiro, Centro de Estudos Agrários e Museu de Fauna da Caatinga, apoiados pela FACEPE, promovem uma programação com ações presenciais e online, como exposições, visitas guiadas, palestras, seminários e mesas-redondas.

“A FACEPE tem o seu programa de divulgação científica, no qual apoia diversos museus do Estado, e realizou uma convocatória para os museus que gostariam de participar da atividade. É através da divulgação científica que podemos envolver a sociedade nos resultados e nos conhecimentos do que está sendo realizado em pesquisa no nosso estado. Essa é mais uma ação dentro das atividades dos 35 anos da FACEPE” afirmou a Diretora Científica da FACEPE, a professora Helen Khoury.

Para conferir a programação completa, conhecer os acervos e interagir nas diversas atividades propostas para celebrar esse evento, os interessados podem acessar o link

FACEPE recebe o pesquisador cearense Tarcísio Pequeno

facepe recebe visita de ex presindente da funcap

O ex-presidente da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico, o pesquisador Tarcísio Pequeno, reuniu-se com a Presidente da FACEPE, Fernanda Pimentel, e o Diretor de Inovação, Leonardo Ferraz, para trocar experiências sobre iniciativas de sucesso em ciência, tecnologia e inovação

Para compartilhar expertises quanto a iniciativas de sucesso em ciência, tecnologia e inovação, a Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco (FACEPE) recebeu, na última terça-feira (06), o ex-presidente da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FUNCAP), Tarcísio Pequeno. O pesquisador se reuniu com a Presidente da entidade, Fernanda Pimentel, e o Diretor de Inovação, Leonardo Ferraz.

Durante o encontro, tratou-se de iniciativas de sucesso em ciência, tecnologia e inovação, dentre estas, a implementação do programa Cientista Chefe no estado do Ceará, iniciativa criada pela FUNCAP durante a gestão de Tarcísio, que busca integrar o meio acadêmico à gestão pública. O projeto foi inspiração para o programa pernambucano Cientista Arretado, que terá investimento de R$10,5 milhões para inovação no setor governamental.

“A população só tem a ganhar com o fomento à integração entre academia e órgãos públicos, já que iniciativas de ciência, tecnologia e inovação trazem entregas de impacto em todas as áreas de atuação do Estado, o que se confirmou como caso de sucesso na experiência do Ceará”, afirmou a presidente da FACEPE, Fernanda Pimentel. “Essa troca de experiências também é fundamental para entendermos, a partir de um exemplo prático, quais os possíveis desafios e as soluções encontradas no Ceará para aprimorar os serviços fornecidos pelas instituições públicas”, completou Leonardo Ferraz.

Evento - O programa Cientista Arretado terá seu decreto assinado pela governadora Raquel Lyra nesta sexta-feira (10), às 11h, em evento aberto ao público no Cinema da Fundação/Porto Digital, no bairro do Recife. O objetivo da iniciativa é buscar soluções inovadoras para os desafios enfrentados no âmbito dos serviços públicos, por meio da parceria entre pesquisadores(as) de ICTs pernambucanas e o Governo do Estado.

FACEPE e SECTI lançam o edital 07/2024 – Compet Residência Tecnológica

lancamento edital 07 2024 - compet residencia tecnologica

O objetivo do edital é promover a formação de recursos humanos capazes de suprir as necessidades técnicas demandadas por empresas pernambucanas de médio e grande porte

A Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco (FACEPE), entidade vinculada à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação de Pernambuco (SECTI/PE), divulga o edital 07/2024 – Compet Residência Tecnológica. O objetivo do edital é a formação de mão de obra especializada capaz de promover ações de ciência, tecnologia e inovação junto ao setor produtivo pernambucano.

A iniciativa visa estimular uma interação maior entre o Governo de Pernambuco, Instituições de Ciência e Tecnologia (ICTs) e empresas de médio e grande porte que atuam no Estado, suprindo carências de recursos humanos em áreas vitais para as atividades em que essas companhias atuam.

O edital destina-se à promoção de cursos de residência tecnológica em nível de especialização Lato Sensu que supram as carências de uma empresa, preferencialmente aderentes aos ambientes de inovação do Estado.

Projeta-se que a execução de cursos traga diversos benefícios, como o favorecimento à difusão da cultura de inovação, ao desenvolvimento de pesquisas aplicadas e à empregabilidade de pessoas qualificadas em médias e grandes empresas do Estado, tão essenciais ao fortalecimento das cadeias produtivas locais.

“O valor global é estimado em até R$ 2.232.000,00, provenientes do Orçamento da FACEPE, com previsão de desembolsos nos exercícios de 2024 e 2025, para atendimento de ao menos 12 propostas aprovadas”, esclareceu Igor Teixeira, gestor da Unidade de Inovação da FACEPE.

Os(as) interessados(as) em participar como proponentes, têm até junho para inscreverem suas propostas utilizando a plataforma AgilFAP, observando as características estabelecidas no corpo do edital para adequar suas propostas de formação às linhas de incentivo fomentadas.

Acesse o edital 07/2024 – Compet Residência Tecnológica no link abaixo.

2024.05.09 Compet Residência Tecnológica

Durante a etapa Nordeste da 5ª Conferência Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação, Facepe recebe investimento estadual de R$ 4 milhões

Etapa Nordeste da 5ª Conferência Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação - Foto:  Saulo Aleixo (SECTI)

Etapa Nordeste da 5ª Conferência Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação – Foto: Saulo Aleixo (SECTI)

O fomento será destinado para fomento de projetos em energias renováveis e descarbonização.

A governadora de Pernambuco, Raquel Lyra, anunciou durante a etapa Nordeste da 5ª Conferência Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação o investimento de R$ 4 milhões para edital com foco em energias renováveis e descarbonização, certame que será promovido pela Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia de Pernambuco (FACEPE), entidade vinculada à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação de Pernambuco (SECTI/PE).

Etapa Nordeste da 5ª Conferência Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação - Foto:  Saulo Aleixo (SECTI)

Etapa Nordeste da 5ª Conferência Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação – Foto: Saulo Aleixo (SECTI)

Segundo a presidente da FACEPE, professora Fernanda Pimentel, “o edital visa promover ações sinérgicas e multidisciplinares entre os pesquisadores de Pernambuco, atuantes nessa temática”, afirmou a gestora, ressaltando que o edital será lançado em breve.

Conferência – A FACEPE esteve presente no primeiro dia da etapa Nordeste da Conferência Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação, que se iniciou na última quinta-feira (02), no Centro de Eventos da Faculdade Pernambucana de Saúde (FPS), no Recife. O encontro reuniu a comunidade científica, tecnológica e de inovação do Nordeste para propor políticas públicas para os segmentos.

A conferência é estratégica para a construção coletiva de políticas públicas que fortaleçam a pesquisa científica e a inovação no país. “É muito importante participar da Conferência, pois é um evento que trará delineamentos para o futuro da política de Ciência, Tecnologia e Inovação no país”, completou o diretor de Inovação da FACEPE, Leonardo Ferraz.

A programação da Conferência segue até esta sexta-feira (03) reunindo membros da sociedade civil, empresários e agentes públicos das áreas de Ciência, Tecnologia e Inovação para discutir e levantar as políticas públicas que deverão ser prioridades para a região Nordeste. As propostas de CT&I dos nove estados da região serão debatidas e os resultados serão encaminhados para a 5ª Conferência Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação, que acontecerá de 04 a 06 de junho, em Brasília.

Etapa Nordeste da 5ª Conferência Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação - Foto:  Saulo Aleixo (SECTI)

Etapa Nordeste da 5ª Conferência Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação – Foto: Saulo Aleixo (SECTI)

A transmissão online do evento acontece nos canais do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação de Pernambuco (SECTI/PE) no Youtube.

FACEPE e SECTI publicam resultado preliminar do edital n.° 01/2024 Programa de Bolsas Pernambucanas de Produtividade: Interiorização

FACEPE PUBLICA RESULTADO PRELIMINAR PROGRAMA DE BOLSAS PERNAMBUCANAS DE PRDUTIVIDADE INTERIORIZAÇÃO

A Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco (FACEPE), entidade vinculada à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI-PE), comunica a divulgação do resultado preliminar do Edital 01/2024 Programa de Bolsas Pernambucanas de Produtividade: Interiorização.

A iniciativa é voltada para o fortalecimento da interiorização das atividades científicas, tecnológicas e inovadoras em Pernambuco. O programa visa incentivar pesquisadores(as) produtivos(as) residentes e atuantes no interior do Estado, apoiando e reconhecendo a importância de suas atividades, de modo a impulsionar o desenvolvimento igualitário do conhecimento em todo o Estado, além de promover o desenvolvimento e a consolidação de núcleos e grupos de pesquisa em regiões historicamente menos contempladas.

O prazo para interposição de recurso é de 5 dias corridos a partir do disparo das mensagens pelo sistema AgilFAP.

Acesse o link abaixo para consultar o resultado preliminar.

Edital FACEPE 01-2024 – BPP-Int – Resultado Preliminar

Acadêmica Salete Cavalcanti recebe o título de pesquisadora emérita do CNPq

professora salete recebe titulo pesquisadora emerita cnpq

A premiação é oferecida para pesquisadores que prestaram relevantes contribuições para o Brasil

A professora da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) Salete Cavalcanti, vencedora do Prêmio Ricardo Ferreira ao Mérito Científico (2017) e ex-orientadora do Programa de Bolsas de Pós-Graduação (PBPG) da Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco (FACEPE), entidade vinculada a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI/PE), recebe o título de pesquisadora emérita do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) . O reconhecimento, junto à comunidade científica, reflete a importância do conjunto de sua produção acadêmica nas áreas de antropologia rural e sociologia rural.

O prêmio é concedido desde 2005 para pesquisadores que prestaram relevantes contribuições ao país. Ao longo da carreira, a professora Salete Cavalcanti desenvolveu articulações com pesquisadores de universidades de diferentes países da Europa e América do Norte. Seus estudos tratam sobre os atores e a dinâmica das relações entre produtores, trabalhadores, consumidores e distribuidores nas cadeias globais de alimentos. Nos anos 1990, foi uma das precursoras do debate sobre globalização, agricultura e meio ambiente no Brasil.

Também estão entre os principais temas de estudos da professora, o desenvolvimento rural e as sociedades camponesas; as desigualdades sociais; além de trabalhadores migrantes, com ênfase em trabalho e gênero.

Professora titular da UFPE e membro da Academia Pernambucana de Ciências, Salete Cavalcanti, em 2017, recebeu pela FACEPE o prêmio Ricardo Ferreira ao Mérito Científico, pela contribuição científica e tecnológica de valor para o progresso da sua área do conhecimento, concedido para a área de Ciências Humanas, Letras e Sociais Aplicadas.

“O meu sentimento é de agradecimento às várias pessoas e instituições com as quais realizamos um projeto coletivo acadêmico de contribuição à ciência e de produção de conhecimentos, em resposta as demandas das populações e as melhorias das condições de vida e do bem viver, em todas as suas dimensões. O prêmio é de todos nós. Agradeço a nossa Academia Pernambucana de Ciências, por garantir um espaço importante de debate científico e democrático para o fortalecimento das ciências no estado de Pernambuco”, disse a professora Salete Cavalcanti.

A entrega do prêmio ocorrerá, às 18h, do dia 08 de maio, no auditório da Escola Naval, no Rio de Janeiro. Na cerimônia, também acontecerá a solenidade de apresentação dos novos Membros Titulares e Correspondentes da Academia Brasileira de Ciências (ABC).

FACEPE apresenta os resultados dos projetos aprovados na Chamada Pública FACEPE 14/2019 – Apoio ao Programa de Inovação INOVA IAM

divulgacao de resultados - inova IAM

O objetivo da Chamada Pública é fornecer fundos para projetos de pesquisa que buscam avançar a ciência e a tecnologia na área da saúde

A Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia de Pernambuco (FACEPE), instituição pública vinculada a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI/PE), concluiu o processo de avaliação de projetos da Chamada Pública 14/2019 – Apoio ao Programa de Inovação INOVA IAM. O encerramento, que ocorreu na última quinta-feira (18), de forma virtual, reuniu os coordenadores para apresentação dos resultados.

No total, foram aprovados 17 projetos e injetados recursos que chegaram a R$ 2 milhões. Dentre as categorias, o desenvolvimento de iscas para monitoramento e controle de mosquitos dos gêneros Aedes e Culex; estudos sobre vírus de importância médica com ênfase nas arboviroses; tecnologias para o trabalho em saúde; estudos de doenças negligenciadas; biossensores; doenças infecto-parasitárias; ações ambientais de promoção à saúde da população; e saúde dos idosos.

Para a apresentação de resultados, estiveram presentes na abertura do evento a diretora da FACEPE, professora Helen Khoury, o diretor do Instituto Aggeu Magalhães (IAM), Pedro Miguel Neto, e o vice-diretor de Pesquisa do IAM, Manoel Lima. Na comissão de avaliação, os especialistas Silvio Dolabella, da Universidade federal de Sergipe (UFS), Claudio Stefanoff, da Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRU), e Leuridan Torres, do Instituto materno Infantil de Pernambuco (IMIP/PE) apreciaram os resultados apresentados pelos coordenadores dos projetos aprovados na Chamada Pública.

“Os resultados têm potencial de contribuir, de médio a longo prazo, para o desenvolvimento do Sistema Único de Saúde (SUS) no Estado”, afirmou a gestora de Programas em Ciência, tecnologia e inovação, da FACEPE, Ana Cássia Lima, durante a divulgação dos resultados.

Desde 2019, foram implementadas 27 bolsas de cooperação técnica, nos níveis de graduação e doutorado. Como frutos dessas iniciativas, também foram gerados produtos nas áreas de recursos humanos, divulgação de resultados em congressos nacionais e internacionais, publicação de artigos em periódicos, além de parcerias, publicação de livros e patentes.