SBPC/PE realiza o primeiro seminário temático: “Políticas Públicas de Ciência, Tecnologia e Inovação para o Brasil que queremos”

spbc-pe

O seminário ocorrerá durante todo o dia 13 de abril, no auditório da Fiocruz, Campus da UFPE, e faz parte de uma série de seminários que a SBPC vai realizar em todo o Brasil, coletando demandas da comunidade científica e tecnológica para encaminhar aos candidatos à presidência da república.

Serão tratados os seguintes temas: Desafios da ciência, tecnologia e inovação no Brasil; Inovação e Ciência; CT&I nos Estados; Pesquisa básica e Ciência e atuação no Parlamento.

Ao termino do evento será um documento (Carta de Pernambuco) com as demandas e os resultados do encontro.

PROGRAMAÇÃO

Horários

Temas

8h30 – 8h45

Abertura

Ildeu de Castro Moreira, presidente da Sociedade Brasileira

para o Progresso da Ciência (SBPC)

8h45 – 9h15

Palestra: Desafios da ciência, tecnologia e inovação no Brasil

Sérgio Machado Rezende (ex-ministro de C&T, UFPE)

9h30 – 10h45

Painel 1 – Inovação e Ciência

Carlos Augusto Grabois Gadelha (FIOCRUZ-RJ)

Sayonara H. Moreira da Silva (ANPEI)

Sidarta Ribeiro (Instituto do Cérebro/UFRN)

10h45 – 11h00

Intervalo

11h00 – 12h15

Painel 2 – CT&I nos Estados

Abraham Benzaquen Sicsú (presidente da FACEPE)

Cláudio Furtado (vice-presidente do CONFAP)

Francilene Garcia (presidente da CONSECTI)

12h15 – 13h30

Intervalo de Almoço

13h30 – 14h30

Painel 3 – Pesquisa básica

Anderson Stevens Leônidas Gomes (DF/UFPE)

Celina Tuchi (FIOCRUZ-PE)

Paulo Sérgio Lacerda Beirão (UFMG)

14h:30 – 15h:30

Painel 4 – Ciência e atuação no Parlamento

Ildeu de Castro Moreira (presidente da SBPC)

Helena Bonciani Nader (presidente de honra da SBPC)

Luciana Santos (Deputada Federal)

15h30 – 15h45

Intervalo

15h45 – 17h00

Grupo de Trabalho para elaboração do documento (Carta de Pernambuco)

 

O evento será aberto ao público em geral e terá certificado de participação.

Detran assina Acordo de Cooperação Técnica com a FACEPE

O Detran-PE assinou Acordo de Cooperação Técnica com a FACEPE hoje, 09/04/2018, na sede do Detran no bairro da Iputinga, no Recife.

WhatsApp Image 2018-04-09 at 10.59.21

Na presença do deputado estadual, Diogo Moraes, o Acordo foi assinado pelo Diretor Presidente do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco – DETRAN-PE, Charles Ribeiro e pelo Diretor Presidente da FACEPE, Abraham Benzaquén Sicsu.

O acordo prevê repasse de recursos do DETRAN para a FACEPE para apoiar bolsistas e projetos na área de Educação no Trânsito.

O DETRAN estará ofertando bolsas complementares já no próximo edital de bolsas de pós-graduação da FACEPE, o PBPG, para alunos ingressantes no segundo semestre de 2018.

08 de Abril – Dia Mundial de Combate ao Câncer

dia mundial do câncer

O Dia Mundial de Combate ao Câncer é comemorada anualmente em 8 de abril.

A data serve para conscientizar a população mundial sobre os cuidados de prevenção da 2ª doença que mais mata pessoas em todo o mundo: o câncer, também conhecido por neoplasia.

As causas para o surgimento do câncer podem ser as mais variadas possíveis, desde motivos externos – como o ambiente, costume ou hábitos que o indivíduo possui – até fatores internos, como características geneticamente predeterminadas.

No Brasil, também é considerada a segunda doença que mais mata, em especial o câncer de pele. O principal objetivo do Dia Mundial do Combate ao Câncer é informar as pessoas sobre a importância de consultar sempre médicos e estar atento à saúde, para evitar o crescimento dessa doença.

Os brasileiros celebram ainda o Dia Nacional de Combate ao Câncer em 27 de novembro.

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer – INCA, os tipos de câncer que mais atacam os brasileiros são:

  • câncer de pele
  • câncer de próstata
  • câncer de mama
  • câncer de cólon e reto
  • câncer de pulmão
  • câncer de estômago

Origem do Dia Mundial de Combate ao Câncer

O Dia Mundial de Combate ao Câncer foi criado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para que organizações ao redor do planeta se reúnam em prol da prevenção dos vários tipos de câncer, além de dar força aos pacientes que lutam contra esta doença.

07 de Abril – Dia Mundial da Saúde

diamundialdasaude

O Dia Mundial da Saúde é celebrado em 7 de abril.

O principal objetivo desta data é conscientizar as pessoas sobre a importância da preservação da saúde para ter uma melhor qualidade de vida.

Anualmente, o Dia Mundial da Saúde é destinado a discutir um tema específico que representa uma prioridade na agenda internacional da Organização Mundial da Saúde – OMS.

Em 2018, o tema escolhido é “Saúde para todos”, o que resume o objetivo da OMS ao longo dos seus 70 anos de existência.

Em 2017, o tema do Dia Mundial da Saúde foi a Depressão. Nesta ocasião, o lema oficial do evento Let’s Talk (“Vamos Conversar”, em português), teve como objetivo conscientizar as pessoas sobre a necessidade de ter conhecimentos que ajudam a prevenir esta doença, a qual pode trazer diversas consequências graves.

Todos os assuntos debatidos durante o Dia Mundial da Saúde são prolongados ao longo de todo o ano, através de atividades e palestras instrutivas e educacionais, por exemplo.

Origem do Dia Mundial da Saúde

O Dia Mundial da Saúde foi criado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), em 1948, devido a preocupação de seus integrantes em manter o bom estado de saúde das pessoas em todo o mundo, e também alertar sobre os principais problemas que podem atingir a população mundial.

Oficialmente, o Dia Mundial da Saúde é comemorado em 7 de abril desde 1950.

De acordo com o conceito definido pela OMS “a saúde é um estado de completo bem-estar físico, mental e social e não apenas a ausência de doença ou enfermidade”.

Capes nomeia TRÊS pernambucanos como Coordenadores de Área para o quadriênio 2018/2022

A Capes publicou no DOU de hoje, 06/04/2018, a nomeação dos novos Coordenadores de Área para o quadriênio de 2018-2022 e dentre esses nomes estão TRÊS pernambucanos. Dois, membros ativos da FACEPE.

São eles:

Biodiversidade

???????????????????????????????

Paulo Jorge Parreira dos Santos (UFPE)

Ciência da Computação

paulo cunhaPaulo Roberto Freire Cunha (UFPE) – Diretor Científico da FACEPE

Medicina Veterinária

Rinaldo Rinaldo Aparecido Mota (UFRPE) – membro do Conselho Superior da FACEPE

Acesse o DOU

FACEPE lança nova chamada do Programa Newton Fund – Researcher Connect 2018

Newton UK

O British Council, o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap) e a Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia (FACEPE) lançam nova chamada do programa Researcher Connect 2018.

A chamada tem por finalidade selecionar instituições de Ensino Superior nos Estados participantes para sediar uma série de cursos presenciais visando ao desenvolvimento de habilidades em comunicação científica para pesquisadores.

Os Professores, representantes de Pró-Reitorias de Pesquisa, Pró-Reitorias de Pós-Graduação e Departamentos ou Programas de Pós-Graduação de instituições de pesquisa ou Ensino Superior (públicas e privadas) têm até o dia 03 de junho de 2018 para candidatar sua instituição como sede de 1 (um) curso presencial de comunicação científica para pesquisadores. A FACEPE irá disponibilizar até R$ 15.000,00 (quinze mil reais) para realização de 1 (um) curso, ministrado em inglês e a ser realizado entre 6 de agosto de 2018 e 15 de março de 2019. Os itens financiáveis pela FACEPE incluem: despesas de hospedagem e alimentação para os treinadores, passagem doméstica para o treinador brasileiro, passagem internacional para o treinador do Reino Unido, papelaria e impressão de materiais e aluguel de equipamentos.

Os candidatos devem submeter o formulário online de inscrição através da plataforma do British Council e também, obrigatoriamente, através do sistema Agilfap da FACEPE:

  • Acessar o AgilFAP com seu login e senha (http://agil.facepe.br/);
  • Escolher, na aba Formulários, o item “Bolsas e Auxílios”;
  • Indicar, na aba Auxílios, a modalidade “APQ – Projeto de Pesquisa”;
  • Selecionar, em Natureza da solicitação, a opção “Editais” e, em Editais vigentes, a opção “Edital 03/2016 – Fundo Newton”. No preenchimento do formulário, marcar como Tema: “Researcher Connect 2018″.

O formulário deve ser preenchido online – submissões via e-mail não serão aceitas. Os candidatos devem obter autorização de sua respectiva instituição para realizar a inscrição e a mesma será exigida no momento de preenchimento do formulário online como um anexo.

Maiores informações aqui.

Webinar esclarece dúvidas sobre chamada Grand Chalenges Exploration

Feita em parceria com a Fundação Bill e Melinda Gates, a chamada busca propostas inovadoras que utilizem ciência de dados para melhorar a saúde materno-infantil no Brasil

WEBINAR - TWITTER (2)

Interessados em concorrer na chamada pública Grand Challenges Explorations (GCE) exclusiva para brasileiros poderão tirar suas dúvidas por meio de um webinar, no próximo dia 10. A chamada busca propostas inovadoras que utilizem ciência de dados e modelagens para entender os principais fatores que impactam a saúde materna e o desenvolvimento infantil no Brasil. A ideia é que os projetos financiados ajudem os gestores a definir melhores políticas públicas e intervenções nessa área.

O webinar será realizado no dia 10 de abril, a partir das 14 horas. Para participar é preciso acessar a sala de conferência por meio do endereço https://zoom.us/j/831270204. A participação é livre.

Sobre a Chamada

O tema desta edição é “Ciência de dados para melhorar a saúde materno-infantil no Brasil”. A Chamada é realizada por meio da parceria entre Fundação Bill & Melinda Gates, Ministério da Saúde, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), no conjunto de suas Fundações. Aderiram a esta chamada, apoiados pelas suas respectivas Fundações, os estados de Amazonas (Fapeam), Bahia (Fapesb), Ceará (Funcap), Distrito Federal (FAPDF), Espírito Santo (Fapes), Goiás (Fapeg), Maranhão (Fapema), Minas Gerais (Fapemig), Paraná (Fundação Araucária), Pernambuco (Facepe), Rio Grande do Norte (Fapern), Rio Grande do Sul (Fapergs), Santa Catarina (Fapesc), São Paulo (Fapesp), Sergipe (Fapitec) e Tocantins (Fapt).

A parceria busca soluções em 17 temas, que variam de ferramentas para identificação de riscos ao desenvolvimento infantil a avaliações do impacto de intervenções e programas sociais na saúde materno-infantil. Desde 2009, 14 projetos brasileiros foram apoiados pela iniciativa Grand Challenges Explorations em chamadas abertas para pesquisadores do mundo todo. Além do financiamento de 100 mil dólares da Fundação Gates, os brasileiros podem receber nesta chamada um adicional de 25% a 50% do valor total das FAPs de seus estados.

As inscrições para o Grand Challenges Explorations vão até 2 de maio. Qualquer pessoa pode enviar projetos. Não é necessário ser mestre, doutor nem anexar currículo, referências ou resultados prévios. A seleção é baseada exclusivamente na qualidade da proposta, que deve ser inovadora, e no seu potencial para resolver grandes desafios globais. São aceitos projetos de candidatos de qualquer área ou organização, incluindo universidades, laboratórios, institutos de pesquisa, ONGs e empresas privadas. Para participar, basta descrever sua ideia em duas páginas em inglês com uma cópia em português.

WEBINAR_Facebook (2)

Acesse aqui a Chamada no site do Confap: andchallenges.org/challenge/grand-challenges-explorations-brazil-data-science-approaches-improve-maternal-and-child”>https://gcgh.grandchallenges.org/challenge/grand-challenges-explorations-brazil-data-science-approaches-improve-maternal-and-child

Coordenação de Comunicação Social do Confap.

Data para lembrar e conscientizar sobre o Mal de Parkinson

parkinson-interna

O Dia Nacional do Parkinsoniano é celebrado anualmente em 4 de abril no Brasil.

A data visa conscientizar e alertar a sociedade sobre o Mal de Parkinson e as demais doenças parkinsonianas, responsáveis por afetar o sistema nervoso central.

Esta doença é mais comum nas pessoas que já atingiram a terceira idade (a partir dos 60 anos) e é caracterizada por afetar a movimentação muscular do indivíduo.

Entre os principais sintomas estão os tremores involuntários, a rigidez corporal, a instabilidade de postura e a lentidão de movimentos.

De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), atualmente aproximadamente 1% da população mundial com mais de 65 anos tem a doença.

O Dia Nacional do Parkinsoniano também ajuda a disseminar informações corretas sobre os avanços a nível de tratamento que a doença obteve ao longo dos anos. Hoje em dia, existem alternativas que ajudam a duplicar a expectativa de vida das pessoas que sofrem com este mal.

Ainda não existe uma resposta definitiva sobre os motivos que levam ao desenvolvimento da doença de Parkinson, mas alguns estudiosos acreditam que fatores hereditários e ambientais estejam envolvidos.